Bem era um sábado e resolvi sair pra passear sozinha no centro.

PACIENTE 6520.3

Fui ao campo de futebol caminhar e veio uma chuva forte. Como era só uma chuva gostosa e não trovejava comecei a correr na chuva. Pra minha surpresa chegou um rapaz da mesma idade que eu e perguntou se podia correr comigo.

A chuva tava tão gostosa que a gente corria igual duas crianças. Até que começamos brincar de pega pega e cada vez que ele vinha me pegar ficava mais ousado… me encochava e até me agarrava já.

Eu já tava gostando da brincadeira e deixei quieto pra ver no que dava…

Um certo momento fui correr e por azar tropecei e torci o tornozelo. Ele veio e se sentou do meu lado e me pôs em seu colo e ia massageando meu pé. A dor aos poucos foi passando e a chuva engrossou… Relaxei tava gostoso o clima.

Ele foi ousando aos poucos quando viu que eu estava arrepiada. Me abraçou como se fosse natural já e ficou assim quieto por uns 10min. Então ele começou passar a mão na minha barriga e viu que eu não relutava e foi cada vez mais adiante… Subiu a mão e roçou sobre meus seios! Na hora subiu aquele calor e suspirei.

Então ele viu que não havia mais barreiras e desceu a mão e enfiou no meu short.

Sua mão foi deslizando devagar passou por meu grelo e foi em busca da minha grutinha.

A essa altura do campeonato eu já tava toda melada. Ele enfiou o dedo e retirou levou até sua boca e chupou… então falou no meu ouvido:

– Humm toda meladinha delicia!

Nessa hora me virei ficando sentada no colo dele de frente e senti seu pau duro dentro do short.

Beijei sua boca como se fosse Meu namorado. Ele levou a mão até meu bumbum e apertava me puxando pra ele. Seu beijo era quentinho e aquela chuva caindo era uma delicia.

Então ele me virou deitando-me na grama e veio me beijando toda e tirando minha blusa… Me deixou apenas de calcinha. Chupou meus seios bem gostoso e então se levantou e ficou me olhando. Eu sorri e ele também sorriu e tirou a camisa.

Fiquei surpresa quando ele tirou o short tava sem cueca. Nossa era uma visão perfeita, vi ali um pau de 19 cm coisa mais linda da cabeça rosada e grande com a base grossa. Nossa! Na hora me ajoelhei e fui de boca naquela maravilha. Hmmm tinha um gostinho delicioso. Era um pau perfeito… eu sentia suas contrações em minha boca. Engoli ele todinho, mordisquei chupei e mamei…

Então ele veio se deitando em cima de mim e tirou minha calcinha e começou me chupar. Era tao gostosa aquela boca dele… a língua dele entrando e saindo da minha gruta Não resisti e gozei xingando:

– Cachorro… safado… puto! Ahhh, ah, ah, que delicia! Chupa caralho.

Ele aproveito meu orgasmo e atolou aquele pau na minha buceta e dizia:

– Puta é você! Quer pau vadia? Puta vadia! Toma rola nessa buceta! Vou te arrombar.

Nossa era delicioso aquele rapaz me comendo debaixo de chuva transamos até esgotar as forças.

Ele me comeu de 4, de ladinho, cavalguei gozei muito naquela pica! No fim ainda arrombou Meu Cuzinho.

Nossa foi uma transa muito gostosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *