A SANTA COM MEDO DO INFERNO… (Paciente 74876)

image

Eu sempre fui o tipo de garota exemplo “A SANTINHA” que todas gostariam de ter como filha, mas existe um lado de mim que apenas eu conheço e que me faz sentir auto repulsa.
Quando novinha uma amiga minha um pouco mais nova do que eu disse que ia me ensinar como brincava de mamãe e papai, eu acho que era mais inocente que ela, ela me fez tirar a roupa e entrar no guarda roupa com ela (ambas nuas) e começou a tocar diretamente na minha vagina, a minha tia estava em casa cuidando de mim entrou no quarto e abriu o guarda roupa e nos pegou no ato, eu lembro que me envergonhei muito daquilo, por ser com uma menina, então cortei o vínculo de amizade que tinha com ela. Mas eu já estava marcada e apesar de tentar esquecer eu jamais poderia, então, a partir dos meus treze anos comecei a visitar sites pornô a procura de vídeos, assistindo os vídeos eu me masturbava e o pior é que eu sentia prazer, neste mesmo período eu virei evangélica e mesmo ativa na igreja eu não conseguia parar eu me sentia muito culpada e sabia que Deus deveria me odiar e mesmo sendo evangélica cheguei a eu mesma tirar minha virgindade com uma cenoura, então neste ano decidi sair da igreja por achar que eu já não poderia manter esse disfarce, ninguém entendeu porém eu já não poderia continuar.

No entanto, mesmo fora dos compromissos cristãos eu me sinto mal todas as vezes que me masturbo.

HUNSAKER.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *