Tenho 27 anos, sou branca com cabelos castanhos…

PACIENTE 310718-84 

Estou tao feliz hoje, com o que me aconteceu que quero compartilhar com você. Tenho 27 anos, sou branca com cabelos castanhos, dizem que sou bem bonita e gostosa. Hoje pela manhã fui ao mercado de flores, chegando lá me deu uma vontade louca de ir ao banheiro, onde só tinha um banheiro bem espaçoso, era um mini vestiário,estava de costas quando percebi pelo azulejo que entrou alguém no banheiro, pela movimentação era uma trabalhadora que havia ido ali para tomar banho. Me virei, ela já havia entrado no box e fechado a porta. Fiquei ali parada pensando e achando algo de muito estranho, não era uma mulher e sim um homem, fiquei curiosa pois nunca tinha visto um homem nu, assim na minha frente, já vi meu namorado mas ele tem a minha idade, e o pinto dele tem por volta de 14cm, fiquei curiosa para ver aquele homem, que até então só pude perceber que era negro e tinha um corpo esculpido pelo trabalho pesado.Percebi que a porta não fechava totalmente e pude ver por um momento um pouco daquele corpo, não resisiti e bati na porta e perguntei se ele poderia me emprestar o sabonete para que eu pudesse lavar minhas mãos, quando abriu ele ficou surpreso, e me disse o que eu estava fazendo ali, ai então pude ver um homem de uns 35 anos, negro com um corpo totalmente sarado pelo trabalho e um pau, que mole devia ter uns 15cm x 4cm, agradeci e ele fechou a porta. Neste momento estava suando frio, e estava chocada com o que vi, e o tesão tinha tomado conta de minha cabeça. Bati novamente para devolver o sabonete, ele abriu olhou bem para mim e eu sorri maliciosamente ele me disse fique com o sabonete e ia fechar a porta, eu disse não precisava, o que eu quero é outra coisa na verdade e olhei para seu pau, ele olhou para mim e disse que tava fora por que eu era muito menina para ele, só que pude perceber que seu pau comecou a crescer, não resisti e peguei seu pau e comecei uma punheta. Com medo que alguém entrasse, já tinha encostado bem a porta do banheiro e entrei no box com ele, me ajoelhei e pude perceber a tora que aquele pau se tornou, 23×6. Comecei uma chupada louca naquele pau cheio de veias, e era bem preto uma tora enorme e pretona na minha boca, nisso ele me puxou e disse quero o seu cuzinho, disse a ele que não aquentaria algo tao grande assim, ele disse eu tento se não entrar tudo bem. Fiquei nua e me coloquei de costas para aquele negro, ele encostou o pau em meu cu e – filho da puta – colocou de uma só vez, eu deu um grito forte e rouco. Ai começou o meu suplicio ou delirio. Eu nao havia percebido que enquanto chupava aquela tora outras pessoas entraram no banheiro – que era bem grande. Ao ouvir meu grito alguém empurrou a porta e perguntou que porra é esta que está acontecendo aqui? Gelei e olhei era o segurança. Ele me olhou e disse e uma putinha querendo se divertircom a coisa preta, olhou para o banheiro e disse segura a porta. Só aí pude perceber que haviam mais dois outros caras dentro do banheiro também. Um segurou a porta, um moreno de uns 40 anos sem camisa, pelos no peito e bem magro, o segurança era um negro de uns 28 anos bem forte, cavanhaque e uma cara de safado e o outro eu um branco, cabelos alourados uns 18 anos e bem fortinho, sem nenhum pelo no corpo. O segurança e o lourinho (que veio seguindo a ordem do segurança) se aproximaram e colocaram o pau para fora pude ver que eram picas grandes, uma pica preta de 25cm de tamanho e outra de uns 17cm e me fizeram chupá-las e o segurança virou para o negao e disse arromba o cu desta putinha que depois sou eu, me deu vontade de chorar e fugir dali pois meu cu ja estava doendo muito. Mas comecou a loucura eu dava e chupava dois e aí o tesão ficou forte e eu comecei a adorar aquela sensação, saí do pau do negao e fui para o outro negão segurança, pude perceber que era um pouco maior e mais grossa e dei loucamente e fui para a do loirinho e dei, dei ,dei , dei e ai chamaram o que estava segurando a porta e aí me deu vonatade de correr, devia ter uns 28 por 7 e eu disse não aguento. Ai nao teve escapatorio dois me pegaram e me fizeram ficar de quatro e o cara veio por trás e me enrrabou de uma única vez, meu cu ja estava largo depois de tanta pica e eu senti dor mais por pouco tempo e este começou a estocar cada vez mais rapido e eu chupava os outro três, gozei acho que umas três vezes enquanto era arrombada por estes caras e aí foi a vez deles o moreno encheu meus peitos de porra enquanto que os outros três esporraram na minha cara e boca. Gente foi uma loucura, me levantei e eles disseram que toda vez que me vissem lá me comeriam de novo e ai de mim que falasse para alguém. Me arrumei, me limpei e sai com a cabeca baixa sem olhar para nada e fui embora, triste e satisfeita, por ter traído meu namorado.

    Depois desse dia comecei a sentir uma forte atração, por negão, mas meu namorado nem sonha nisso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *