Sugar Babies

Sugar Babies

PATROCINADOR

No século 18, as gueixas japonesas faziam companhia (geralmente sem relações sexuais) para os soldados estrangeiros da Segunda Guerra. Hoje em dia, as Sugar Babies buscam benefícios como conforto, dinheiro, presentes, luxos, status social, viagens…

A socióloga americana Maren Scull, descobriu através de estudos que existem pelo menos sete tipos de relacionamento sugar daddy. Saiba agora quais são:


1 – Encontro recompensado: nesse tipo de relacionamento, envolve o pagamento em bens materiais ou dinheiro. Normalmente sem relações sexuais.

2 – Prostituição sugar: aqui existe uma ausência de sentimento, é tudo baseado em troca de sexo por presentes (dos mais variados tipos).


3 – Companhia recompensada: a mulher participa da vida do homem em variadas atividades (existindo até mesmo um entrelaçamento maior). Comum que não haja relação sexual. 


4 – Amizade sugar: o daddy é considerado um benfeitor, que ajuda a sugar baby a se manter. Normalmente esses homens já existiam na vida dessas mulheres.

Amizade sugar com benefícios sexuais: o sugar daddy banca algumas despesas da mulher, como aluguel, conta de telefone, roupas e viagens. E acontece a relação sexual.

6 – Namoro sugar: esta é a forma mais comum combinando vida e sexo. A maioria das babies recebem uma mesada fixa ou de acordo com as necessidades.

7 – Amor pragmático: ao invés de apostarem no amor romântico, preferem um acordo mais pragmático esperando construir uma relação duradoura para o resto da vida. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *