O QUE ME FOI RELATADO HOJE (pela sogra)…

PACIENTE 161019.2

A SOGRA

A viagem de barco tinha inicio as 08:00 com regresso previsto as 18:00, esse dia passado no mar dava a vantagem de ver golfinhos que muitos deles acompanhavam o barco.

Dentro do barco havia bar aberto, mesas e cadeiras para tomarem uma refeição, no salão principal estava montado o equipamento para dois conjuntos de musica entreter os touristas na viagem, o Alberto e esposa só tiveram que fazer uma alteração na ultima hora nos bilhetes de viagem ao incluírem a sogra do Alberto.

Durante a viagem os cheiros da tinta do barco deram sinais de dor de cabeca no Alberto, esse, disse a esposa,”estou a sentir-me mal com o cheiro das tintas, vou deitar no beliche onde temos uma cama”, foi deitar e em pouco tempo a sogra sentiu-se mal com os balancos do barco, a filha disse, ”mae, quer deitar-se um pouco para melhorar a dor de cabeça”?

A mãe disse a filha, ”sim, sera melhor”, a filha levou a mãe ate onde estava o marido deitado dizendo,”amor, minha mãe esta sentindo alguma coisa, trouxe ela aqui para deitar um pouco”.

O marido fez lugar na cama para a sogra deitar-se, com os balancos do barco era ela ou o genro que se tocavam, o próprio caralho do Alberto sentia-se como numa festa a tocar forte no rabo dela, esse tocar forte acabou por doer ao Alberto pela falta de espaço na manobra.

Disfarçadamente o Alberto foi descendo as calcas ate aos joelhos e dando ao caralho mais espaço de manobra, o navio não parava de balançar e o caralho do Alberto não parava de mais pressão entre as pernas da sogra, era uma situação desagradável para o caralho que mais queria.

O Alberto aproveitou os balancos do barco e foi subido a saia da sogra ate ficar com o cu bem a vista e ao mesmo tempo descendo a calcinha ate aos joelhos, foi uma penetrava sem descanso com o caralho a entrar cada vez mais no anus da sogra.

A foda estava sendo maravilhosa, A PORTA DA CABINE ABRE-SE, era a esposa para saber se havia alguma melhora, o Alberto com o caralho todo dentro do anus da sogra, ficou na posição de congelado.

Alberto respondei a esposa que ainda tinha dor de cabeça, a mãe disse a filha, fico mais algum tempo ate melhorar, a esposa do Alberto ao fechar a porta da cabine viu uma cadeira e em cima da cadeira estava um cobertor, voltou a entrar, desdobrou o cobertor, aproximou-se muito calma e cobriu os dois dizendo, ”com esse cobertor vocês ficam mais agasalhados, ao mesmo tempo disse ao marido, coloca teu braco para abraçar a minha mãe e evitar os balancos do barco fazerem ela cair da cama”, o marido rapidamente abracou a sogra fazendo o caralho ainda mais entrar, a esposa saiu do beliche e sem demora alguma o genro com o caralho todo dentro do anus da sogra gozou forte no anus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *