De repente ele abaixa e começa a me chupar….

PACIENTE 91019

Sempre tive vontade de contar minhas aventuras, e nunca tive coragem. Mas agora resolvi contar.

Sou morena, 1,60mt de altura, cabelos cacheados, olhos cor de mel, tenho peitos bem acesos e redondos, o meu bico do peito salta aso olhos quando não uso sutiã. Tenho uma bunda arrebitada e sou fogosa.

Certo dia, fui à uma consulta na Barra, e tive que ir de BRT.

Como era no ginecologista, coloquei um vestido, que era curto e deixava à mostra meus seios.

Quando consegui entrar no ônibus fui empurrada e era uma multidão que mal consegui me mexer.

Percebi que meu vestido ficou meio levantado e eu estava com o meu corpo encostado no braço de um homem de meia idade, com cabelos grisalhos e muito chamativo.

O seu braço não estava segurando nada e estava solto ao lado do corpo.

Percebi que sua mão estava na direção da minha xota e de repente ele mexeu a mão que estava encostada na minha calcinha.

Fiquei parada e não reagi, ele percebendo que eu não reagi, tornou a mexer os dedos encostando na minha calcinha.

Neste momento eu estava toda começado a ficar com tesão.

Foi então que seus dedos começaram a fazer movimentos na minha xota, onde o carinho me deixava louca.

Abri um pouco as pernas, e ele entendeu o que eu queria.

Ele então afastou um pouco a calcinha e começou a entrar com os dedos por dentro da calcinha.

Eu já estava louca de tesão, quando vi que tinha que descer.

Me ajeitei e falei: “Me dá licença que vou soltar.” ele respondeu: “Eu também vou soltar, vou na frente e abro o caminho para você””.

Gelei dos pés à cabeça, aquele homem gostoso iria soltar na mesma estação que eu.

Segui-o até a porta e ao descer ele me ajudou, agradeci e ele me perguntou para qual direção eu iria.

Respondi qual o condomínio que eu iria e ele respondeu informando que era o mesmo local do seu consultório.

Mas uma vez gelei, consultório. Significava que era médico. Será que era o mesmo que o meu.

Foi então que ele falou que era urologista e que como tinha deixado o carro na revisão sendo obrigado a pegar o ônibus.

Falei o andar que iria, ele então me convidou para visitar o seu consultório.

Como o meu tesão ainda estava bombando, e ainda faltava muito para minha consulta, aceitei.

Quando chegamos, ele disse que o expediente dele só começaria após o almoço, e que a manhã era toda minha.

Quase morri quando ele me disse isso.

Foi quando ao entrar no consultório dele, trancou a porta e me pegou pela cintura me dando um beijo de tirar o folego.

Quando vi, ele já estava com as mãos na minha bunda, apertando e beliscando, me deixando toda molinha.

Sua boca desceu pelo meu pescoço, e quando chegou no meu peito ele delicadamente colocou os meus seios para fora e começou a sugar os meu mamilos me fazendo urrar de tesão.

Suas mãos arrancaram minha calcinha e seus dedos começaram a percorrer minha xotinha, enfiando e tirando me deixando meladinha.

De repente ele abaixa e começa a me chupar, morder e enfiar a língua, me deixando em ponto de bala.

Abaixei sua calças e coloquei aquele mastro grosso e grande para fora, abocanhei e não conseguia para de chupar.
Quando ele estava quase no ponto para gozar, me levantou colocou de quatro e começou a penetrar na minha xota, entrando e saindo com um vai e vem desenfreado me levando a loucura.

Quando achei que ia gozar dentro de mim, ele então me disse que tinha uma surpresinha gostosa.
Antes de eu perguntar o que era, ele me fez a pergunta safada e gostosa: “Você prefere, grande e fino, grande e grosso ou grosso e pequeno?”

Eu já imaginando do que se tratava, falei quase sussurrando, grande e grosso.

Ele então abriu a gaveta da mesa que estava próximo de onde estávamos e tirou um enorme pênis de borracha, grande e grosso.

Olhei assustada e exclamei:”Uau, que maravilha!
Ele me disse com voz de safado:”Você agora vai saber o que gozar!”
Pegou uma camisinha colocou no pênis de borracha e disse vem fazer uma mamadinha para eu brincar com nosso brinquedinho.

Como eu estava sentada na cama do consultório, ele me fez deitar, colocou-se em pé na direção da minha boca, colocando o seu mastro na minha direção.

Abocanhei chupando e lambendo, enfiando na boca e tirando, enquanto isso ele começou a brincar enfiando e tirando o brinquedinho na minha xota.

De repente ele me tira da cama, me posiciona de costas, coloca uma perna em cima da cama, passa os dedos na minha xota, subindo do grelo para o meu cuzinho, molhando e enfiando com cuidado o dedo no meu cuzinho, melando tudo.

Foi então que ele falou, vou mostrar como se fode um cuzinho gostoso,
Dei um gemido e ele começou a penetrar aquele mastro enorme no meu cu. Comecei a gemer e a urrar, com a mistura de dor e tesão.

Foi aí que ele enfiou o brinquedinho na minha buceta, de lado e com força, me levando a loucura.
E fazia um vai e vem com força tanto na buceta como no cu. Que loucura. Gozamos mais de uma vez!
Até hoje quando vou ao médico, faço uma visitinha ao meu urologista que faz questão de me atender por último, dispensando a secretária, para eu ficar à vontade.

Ah já usei todos os tamanhos dos brinquedinhos rsss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *