Minha história começa ha 5 anos atrás…

PACIENTE 15819

Olá, meu nome é Sonia tenho 30 anos, casada ha 3 anos, ainda não temos filhos.

Minha história começa ha 5 anos atrás, em 2014 quando estava no inicio do namoro com meu marido.

Trabalho em escritório de advocacia. Apenas um advogado, eu e um jovem adolescente.

Tem um cliente, seu Carlos um coroa na época com uns 59 anos. Inteiraço, cheiroso, inteligente e muito amigo do Dr.

Sempre que vai lá conversamos muito, ele conta piada, um coroa super bacana.

Um dia o Dr pediu pro rapaz levar uns documentos em um cliente e depois poderia ir embora. Falou pra mim que iria ao fórum e saiu, passou assim meia hora me ligou dizendo que não voltaria mais, pra eu fechar o escritório as 17h30.

Pois bem, era por volta das 14h quando me ligou. Eu fazendo meu trabalho normalmente, quando chega seu Carlos, todo sorridente como sempre, muito educado, conversamos um pouco, contou uma piada e perguntou do Dr. Disse que não estava e não voltaria mais. Ele me perguntou se do envelope, disse que não sabia de envelope. Ele me falou que o Dr tinha preparado um documento pra ele e que já estava pronto. Falei que ele não havia deixado comigo, e como estava no fórum não dava pra ligar, é uma regra dele, de la só ele liga. Então eu disse:

– espera um pouco seu Carlos, vou ver se esta na mesa dele, vai ver que esqueceu de me entregar.

Levantei e fui. Neste dia, quente de setembro, estava com um vestido de alça regata, florido, bem soltinho. Entrei na sala e comecei a dar uma olhada na mesa do Dr. Quando de repente, sinto um abraço forte por trás.

– O que é isso seu Carlos? Fiquei imóvel nos braços dele, que me prendiam.

Ele sussurrou em meu ouvido:

– Esperei muito por essa oportunidade.

E me encochando, eu presa em seus braços. E ele continuou;

– quero você agora, deixa eu te dar um prazer gostoso.

E beijando minha nuca, fui sentindo seu pau cada vez mas duro, não resisti, ele percebeu e começou a aliviar a força dos braços e começou a levantar meu vestido, eu meio que gostando, meio sem saber o que fazer, lembrei “relaxa e goza”.

Então ele me virou de frente pra ele e me beijo e seu pau cada vez mais duro. Nos beijamos mais e ele com a mão dentro da minha calcinha sentindo o quão molhada estava, tirou o dedo da minha buceta e me fez chupar e disse:

– sinto como você tá com vontade.

Depois me beijou novamente e me virou de costas pra ele.

Puxou minha calcinha pro lado e de uma só vez meteu seu caralho em minha buceta por trás. Dei um grande gemido, e ele começou com estocadas e as vezes parava dentro.

Nossa foi muito gostoso, que coroa. Depois me virou de frente e meteu novamente (ele estava só com o pau pra fora), e me beija, metia metia até que gozou e falou pra mim:

– Fica tranquila que fiz vasectomia aos 40 anos.

Me beijou e disse:

– você é mais deliciosa do que eu imaginava.

Eu sorri e disse:

– O senhor é porreta!!!!!

Ele me abraçou e rimos juntos. Ele me perguntou se eu havia gostado, disse que sim, ainda mais da maneira que foi, pega de surpresa. Foi então que ele me disse:

– Se eu pedisse você não me daria, quando vi a oportunidade hummmm ataquei, rsrsrsrs

Ele me perguntou se estava tudo bem, o que respondi que sim, ele me beijou mais uma vez, alisando minha buceta sobre o vestido, e se despediu.

Ele saiu eu fiquei sem acreditar que tinha dado pro coroa cheiroso e gostosão. Terminei o dia super bem. Fechei o escritório e quando passei na portaria, me despedi do seu Milton, o porteiro, que me disse:

– Até amanhã dona Sonia,

e mais baixinho me disse:

– Eu fui levar a correspondência mas, não quis incomodar. A senhora entendeu? Depois podemos conversar a sós?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *