SAUDADES…

Imagem relacionada

Sim! Eu sei que nem todas as saudades são doces!


Mas não quero falar da saudade onde os poetas imortalizaram os seus amores impossíveis, não é da saudade de alguém que foi embora e nunca mais voltará, não é da saudade de alguém que não sente o mesmo e nunca vai perceber a sua…
É da saudade boa, leve e correspondida que me refiro.
Aquela que faz acordar sorrindo e pensando o quanto é bom sentí-la.
Saudade das lembranças, do beijo, do cheiro e dos desejos.
Saudade dos corpos juntos e dos abraços.
Saudade da voz e dos gestos.
Saudade de alguém que você sabe que vai encontrar de novo.
A espera é por vezes cruel!
Os ponteiros rastejam.
As horas riem despreocupadas.
O coração aperta e dispara.
O sabor do beijo já passou, o perfume já não está no seu corpo.
A imagem do rosto se confunde na memória.
E o sorriso se não fosse tão lindo, já teria sido apagado.
É hora de acabar com a distância!
O encontro é iminente!
Foi desejado, mas nem por isso planejado… vai acontecer.
Peito arfando, mãos tremulas, sorriso rasgado, ansiedade, tensão, alegria… chegou a hora de rever.
É bom olhar nos olhos, sentir o toque e se jogar sem medo nos braços desse alguém… sem se preocupar com o que vem depois, apenas vivendo cada minuto desse momento especial.

Sensação boa de estar um perto do outro…grudados como se não fosse permitido se afastar, uma obrigação criada apenas pela vontade de ficarem abraçados.

Agora sim… saudade aliviada!!!
Será?
E quando se separarem de novo, ela acaba?
Bom… se não acabar, tenha certeza que essa saudade não é boa…

é ótima!!!

One Reply to “SAUDADES…”

  1. A SAUDADE DE QUEM VERDADEIRAMENTE TE COMPLETA, QUANDO NAÓ É DOLORIDA, É PRAZEROSA.

    VOCÊ CHORA PELA FALTA OU SORRI POIS TEM A CERTEZA QUE ELE EXISTE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *