RELATO PESSOAL 35

Não sei se você ainda lembra de mim…

Lembra da foto??? 1998 um sábado a tarde… Você gostava de fotografar os nossos dias….

Gostava quando me agarrava e me encostava ao teu corpo. Encostava a tua cabeça às minhas costas e apertas-me com força. Começava-me a descer e eu tirava as calças. Mordiscas-me as nádegas e começavas a tocar-me na ratinha. Como eu gostava do teu toque… 
Viravas-me para ti e eu sentia o teu caralho duro, desejoso, mas antes continuava a beijar-me, abrindo-me as pernas. Ainda molhada por me teres feito explodir com essa tua língua marota. Lambia-me até me ver e depois vinha dar-me a provar o meu sabor. Puxava-me as calças para baixo e não havia tempo para te lamber também, como tanto gostava da minha boca. Entrava na minha ratinha que estava encharcada de prazer. Entrava devagar e toda eu sentia o teu caralho teso dentro de mim. Gemias perto do meu ouvido. Como eu gostava de te ouvir gemer, baixinho… Continuavas a entrar, cada vez com mais vigor e com a minha ratinha cada vez mais derretida pela tua masculinidade. Estava na altura de chamar o terceiro elemento… 
Proteção colocada, voltava para dentro de mim, cada vez mais teso. A tua cabeça procurava caminho e eu sentia-a a vasculhar o meu interior, inchada, quase a rebentar. Como eu gostava de sentir a tua cabecinha dentro de mim… E assim foi. Entrava e saíste, entrava e saíste até te vires dentro de mim, gemendo, baixinho. Envolvi-te com o meu corpo e senti a tua pele arrepiada. Quero continuar a sentir a tua pele arrepiada por muito mais tempo novamente. Gostaria de voltar a te ver. Acho que ainda Amo você…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *