AS "SANTAS"

São mulheres vivendo os seus sonhos. Muitas acreditam em fadas, gnomos, príncipes, princesas e amores de outro mundo. Não. Elas não são loucas, nem doidas e nem pirada. Elas simplesmente desejam viver com prazer.

…que espetáculo de cidade!

…que espetáculo de cidade!

PACIENTE 9821.1

Mês passado, fiz uma viagem inesquecível. E eu, não poderia deixar de vir aqui te contar né? Eu e meu gatinho fizemos uma viagem com mais um casal de amigos, Eduardo e Bel. Dois queridos, divertidos e safadinhos. Foram oito de viagem, até chegarmos em Madri, foi cansativo, mas na chegada… que espetáculo de cidade!

Vibrante, iluminada, arquitetura fantástica e pessoas extremamente elegantes. Tinha tudo para ser a viagem dos sonhos. Chegamos e fomos direto para o hotel. Estávamos em um quarto com uma vista divina para a Plaza del Sol, com direito a banheira e uma lareira, reservado por ele, meu homem. Ele tem bom gosto, e eu faço questão de dizer isso a ele!

Depois de guardar nossas malas, coloquei Norah Jones, tirei minha roupa lentamente, e fui para o banho, depois passei meu óleo de baunilha sob a pele ainda molhada, e me enxuguei na toalha branca enquanto ele apenas me observava. 

Então caminhei até ele lentamente e pedi para que ele sentisse o cheiro da minha pele. Depois um beijo gostoso e demorado. Minha vontade de entrar no chuveiro com aquele gato novamente, mas nossos amigos estavam à nossa espera, então nos apressamos em nos arrumar. Estava frio, então vesti uma meia calça preta e por cima, vestido e nos pés um belo e clássico salto alto. Ele saiu do banho e eu já estava pronta, de bruços na cama enquanto esperava, então aproveitei para fazer um charminho, passando meus pés vestidos de peludo pelas suas costas, enquanto ele calçava os sapatos.

– Uau! Que belas costas você tem.

Madri é uma cidade romântica, e isso fez com que nós nos aproximássemos ainda mais, fazendo despertar um clima sensual e revigorante. Estávamos animados. Nos encontramos com os amigos em frente ao hotel. Já era noite, então fomos para o bar mais animado da cidade, com muita música boa e pessoas animadas. Ah, os vinhos eram incríveis também, e eu tomei várias taças. Bia era uma mulher incrível, advogada, gostava de debater sobre política, além de ser uma esposa linda e incrível. 

Ela acorda às seis horas todos os dias e vai para a academia, independente do clima. Eduardo é um empresário, começou a empreender aos dezoito anos, e hoje tem mais de sessenta empregados. E nós, bem, somos um casal lindo e apaixonado. Nos damos muito bem e temos alguns planos para o futuro, gostamos de viajar, ter uma vida simples e experimentar as coisas boas da vida, sabe? Naquela noite, havíamos conversado sobre absolutamente tudo e experimentado vários rótulos de vinho também.

Depois de caminhar pela Plaza del Sol, tirar muitas fotos e experimentar comidas incríveis, decidimos voltar para o hotel, afinal no outro dia teria muito mais. Os dois soldados se sentaram no banco da frente, e as damas foram para o banco de trás, então o clima começou a esquentar. Estávamos simplesmente bêbadas, então eu me inclinei para frente e comecei a beijar o pescoço do meu motorista. Bel, fez o mesmo, acariciando o Eduardo e dando leves risinhos. Huuum… como acabaria aquela brincadeira? 

Não sabia se era uma boa ideia, mas convidei para a sauna. Então caminhamos discretamente até a área de lazer do hotel, tiramos as roupas, ficando só de cueca e lingerie. Bel estava muito tarada, e começou a beijar o Dudu como se não tivesse mais ninguém ali, e o que eu poderia fazer, senão ele? (risinhos). Tudo estava avançando rápido demais, por culpa do vinho, claro. Então ela se ajoelhou na frente do Dudu e começou a fazer um boquete, daqueles uau! Meu gatinho estava boquiaberto, olhando para os dois, que estavam bem na nossa frente. 

Eu imaginei que aquilo me deixaria constrangida, ou com ciúme, mas pelo contrário, fiquei com ainda mais tesão. Então me sentei no pau dele e comecei a rebolar, era um misto de riso com safadeza. Bia me dava uma olhadinha de lado e piscava, também se divertindo com a situação. Era como um filme pornô ali na minha frente, só que real, e muito melhor!

Terminamos a noite por ali, nos despedimos aos risos e fomos para nossos quartos. Dr. será que essa viagem vai seguir nesse ritmo?

hunsaker

Sou o que sou. Sou incoerente por vezes, sou sonhador sempre, temo o desconhecido sem contudo deixar de arriscar, tenho planos e projetos, construí e ví cair em minha frente castelos. Como um anjo voei aos céus mas longínquos, e como um cometa caí. A queda me machucou, contudo me fez mais forte. Sou falho e impreciso. Simplesmente indefinível, enfim sou apenas um IGOR mas, o IGOR HUNSAKER.