PACIENTE 27121

Irei lhe contar o que aconteceu em uma viagem que fiz pra São Tomé das Letras.

FATIMA – BRASIL

Minha família gosta muito de viajar, e certo dia apareceu uma oportunidade de viajar até São Tomé, fomos eu, minha mãe, tia e duas primas, na viagem que foi organizada por um a migo da minha mãe, óbvio que, no ônibus tinham mais pessoas, e uma dessas pessoas era o Paulo, na hora em que ele entrou no ônibus já o achei lindo, pois ele é alto, todo tatuado e tem olhos azuis muito bonitos. Como ele sentou na poltrona do lado da minha, logo começamos a conversar sobre tudo. Quando chegamos no hotel, todos foram pegar seus quartos, e eu ficaria em um quarto com minhas duas primas, reparei que o quarto dele era ao lado meu, e quando entrar no meu quarto ele me chamou, e me perguntou se eu não queria ficar conversando com ele na piscina, falei que sim e fui me trocar, coloquei um biquíni vermelho e um shorts jeans e desci para a piscina, ficamos tomando sol um tempão, e ele me elogiando bastante, e sempre ficava passando a mão na minha coxa. Resolvi entrar na piscina, ele ficou só observando, depois de uns de uns dez minutos ele entrou também, eu estava encostada na borda e ele veio e ficou na minha frente, quando eu menos esperava, ele agarrou minha cintura e me lascou um beijo, cheio de vontade, e eu que não sou boba nem nada, fiquei provocando cada vez mais, até que ele me puxou e me fez encaixar as pernas envolta dele, e ficou roçando o pau em mim por cima do biquini, quando vi que ele ja estava louco querendo me comer ali mesmo, disse que estava com frio, e que era melhor irmos trocar de roupa, saí da piscina e ele ficou me olhando indignado vi ele sair da piscina e me seguir até onde nossos quartos ficavam, entrei no meu quarto e ele no dele, depois de uns 3 minutos, bati na porta dele e pedi para usar o banheiro de lá pois minha prima estava no banho (o que era mentira, claro) e ele claro disse que eu podia. Entrei no chuveiro, e não demorei nem cinco minutos, me sequei e vesti apenas um fio dental que tinha levado comigo e saí do banheiro.

Ele estava deitado com os olhos fechados e de barriga pra cima, fui subindo na cama e sentei por cima dele, podia sentir o pau crescendo de novo e roçando na minha buceta. Como estava de costas pra ele, senti sua mão percorrer minha bunda, dando apertões e um tapinha, puxou meu fio dental pro lado, e ficou brincando com o dedo no meu cuzinho, enquanto minha buceta se derretia de tesão, tirei o pau dele da cueca, encaixei na entrada da buceta e fui sentando bem devagarinho, sentindo cada centímetro daquele cacete entrar em mim, quando senti que tinha entrado tudo, comecei a cavalgar bem gostoso, enquanto ele enfiava dois dedos no meu cu e dava vários tapas na minha bunda, me deixando louquinha.
Pediu pra que eu ficasse de quatro na cama, e ficou passando o pau da buceta até o cuzinho, me fazendo gemer pedindo “mete logo, vai” não demorou a atender meu pedido e de uma só vez socou a pica todinha no meu cu, me fazendo dar um gritinho abafado. Ele puxava meu cabelo e metia sem dó, cada vez mais forte, e batia com força na minha bunda falando “não pediu pra meter? agora aguenta putinha!”. Eu, como adoro dar o cuzinho assim, rebolava muito até explodi num orgasmo maravilhoso, enquanto sentia ele encher meu cuzinho de porra quentinha, quando ele tirou o pau, escorria porra do meu cuzinho, pelas pernas, ainda chupei o pau até limpar tudinho, uma delícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *