Ola meu amigo Igor, tudo bem com você? Espero que sim, para mim esta sendo um prazer escrever para você.

CAPITULO IV

Nossa vida de casados, estava a mil maravilhas, já tínhamos mobiliado a casa inteira, uma casa do jeito que gostava bem fechada onde podíamos ficar a vontade quando era possível, tinha até um rancho com churrasqueira onde colocamos alguns bancos onde ficava tomando sol.

Mais uns meses depois veio uma crise grande na empresa onde nos dois trabalhávamos, e infelizmente ouve cortes onde eu estava nele, o meu marido teve que mudar de turno onde começou a trabalhar na parte do dia.

Desempregada comecei a fazer um curso de estética a noite, depois que meu marido chegava, aprendi muitas coisas, até comecei a trabalhar fazendo unhas e depilação no salão de uma das alunas a Jessica, a vida prega peças neh eu que antes nem me depilava direito estava fazendo depilação .

Jessica era uma linda travesti de 25 anos, corpo magro seios médios bumbum simétrico ao corpo, só sabia que era travesti devido ao seu nome na inscrição do curso.

Ficamos amigas e moramos próximas então revezava as caronas com ela para o curso, que após seis meses chegava ao fim.

No ultimo dia em uma sexta feira combinamos de no final da aula sair para comemorar com as meninas e fomos comer uma pizza perto mesmo da escola, bebemos e comemos muito, e como já era quase 22:00 resolvemos ir embora, dei carona para outras meninas e por ultimo fui deixar a Jessica em casa que tinha tomado uma caipirinha e estava com dor de cabeça.

Assim que chegamos pedi para usar o banheiro do salão pois estava apertada, como já era da casa ela falou fique a vontade que vou tirar esse sapato que esta me apertando meus pés.

Não demora muito ela volta parecendo uma menina, de short doll branco e chinelinho de pantufa, trazendo duas cervejas para encerrar a noite.

Ficamos ali conversando sobre vários assuntos, ela me contou como se transformou através de hormônio que era tudo natural em seu corpo, que falando a verdade da de 10 em muitas menininhas mimadinha por ai.

Falei se poderia fazer uma pergunta indiscreta para ela que aceitou, então perguntei como ela tinha feito a cirurgia de mudança de sexo pois não parecia que tinha nada ali.

Ela com toda paciência explica como fazia para esconder, que no começo era mais difícil mais vai pegando o jeito com o tempo.

Se passou alguns dias que eu estava trabalhando direto lá, já estava atendendo algumas cliente até que ela pergunta se eu poderia fazer a depilação nela, fiquei surpresa pois ela só fazia com uma outra pessoa pois tinha vergonha, ela foi tomar banho enquanto eu limpava o salão pois não teria mais cliente agendado.

Ela retorna e já deita na maca e começamos pelas axilas, e terminando fomos para as pernas + virilha e ficamos conversando varias coisas e quando estava quase no fim perguntei se não queria fazer a completa já que estava ali mesmo já aproveitava.

Ela então tira a calcinha, ai então pude ver que era verdade mesmo ela tinha pinto , mais agi como profissional e nem toquei no assunto, porem era a primeira vez que eu faria estava até sem jeito vc pode imaginar minha situação, perguntei como ela queria e pra minha sorte pediu para tirar tudo, passei um creme para abrir os polos, porem logo senti um sinal de alerta no brinquedo dela, não falei nada e continuei, mais o negocio lá começou a tomar forma e ela pede para parar e se cobre com a toalha, pedindo um tempo pra mim, demos uns minutinho e continuamos mais novamente estava acontecendo, ela pede desculpa e que ela terminaria no banho como sempre fazia, falei que não me importaria e que seria rápido até pq já tinha feito a parte da virilha, ela pedindo mil desculpa acabou deixando.

Conforme prometido terminei rapidinho, ela não parava de perguntar se tinha acabado porem foi até mais fácil pq não precisava ficar colocando de lado pois já estava apontando pra cima , então falo que iria passar o hidratante e já podia se vestir, ela tinha um pau muito bonito, maior que o do meu marido, então pego o óleo aquecido e começo a passar nela, ela tenta segurar a minha mão mais era tarde demais, ela começa a jorra jatos e mais jatos de porra pra fora, ela parecia que estava levando uns choques, nunca imaginei uma quantidade daquelas sair de alguém, ela pega a toalha e coloca em cima mais já era tarde, meu braço e parte da maca estava com seu sêmen, ela começa a se desculpar juro que vi uma lágrima sair de seus olhos, então peço pra ela se acalmar que estava tudo bem, que eu tinha insistido para fazer que não tinha problema.

Não sei o que senti na hora, foi um misto de medo, susto e tesão juntos, um monte de coisas começa a passar na minha cabeça e então peço para ela se acalmar e começo a limpar meu braço e deixo ela se vestir sozinha.

Depois que ela sai vou limpar as coisas e novamente ela pede desculpa e eu vou embora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *