Ola Igor, me chamo Ana, e a partir de agora irei contar um pouco a você de minha vida pessoal e sexual também.

CAPITULO I Desde já peço desculpa por algum erro que possa conter mais vale a pena lembrar que não sou escritora mais uma amante desse tipo de historia como a minha. Como já informei me chamo Ana, sou casada a 15 anos (segundo casamento) tenho 40 anos, morena clara, cabelos escuros ondulado abaixo dos ombros, Leia mais… »

A VOCÊS SANTAS….

Se você quiser me contar seus segredos Sou de todo ouvido.Se os seus sonhos não derem certo,Estarei sempre lá para você.Se precisar se esconder,Terá sempre minha mão.Mesmo se o céu desabar,Estarei sempre contigo.Sempre que precisar de um lugar,Haverá meu canto, pode ficar.Se alguém quebrar seu coração.Juntos cuidaremos.Quando sentir um vazio,Você não estará sozinha.Se você se Leia mais… »

Eu estava no meu auge sexual….

PACIENTE 18620.1 Lembrando que sou branquinha, baixinha (1,50 m), cabelo comprido encaracolado preto, olhos pretos, corpo relativamente bonito, seios pequenos e uma bunda que sempre chamou muito a atenção dos machos por onde quer que passe. Sempre fui alvo dos olhares masculinos, às vezes exagerados e até algumas perseguições. O mundo liberal me fez uma Leia mais… »

Não custa lembrar que somos seres de relação, isto é, existimos no outro e na relação que com ele estabelecemos.

É preciso entender, portanto, que do outro lado do computador existe uma pessoa que pode ter desejos ou não iguais ao seu, e que mesmo assim estes precisam ser respeitados. O fato é que cada vez mais cresce o número de pessoas que praticam sexo virtual haja vista a grande facilidade de manter-se uma relativa Leia mais… »

Então desculpa se eu não mandei fotos para vocês aqui, deixo vocês apenas na imaginação mesmo….

PACIENTE 10620.2 Com essa pandemia eu tive que fechar meu depósito nas últimas semanas, a fiscalização passou e me fez fechar, mesmo sem movimento de pessoas, apenas eu e meus dois motoboys, eles alegaram várias coisas e não me deixaram trabalhar, deram o primeiro aviso e eu tentei continuar trabalhando, mas aí voltaram de novo Leia mais… »

Sou uma mulher de 56 anos, moro em São Paulo e, como toda mulher da minha idade, tenho meus desejos reprimidos.

PACIENTE 25520.4 Sou divorciada e a história que vou contar no início me envergonhava muito, mas senti que seria necessário escrever para que eu pudesse encarar melhor minha realidade. Meu filho tem 30 anos e mora com a mulher dele a 10 anos, bem longe de mim. Ele sempre vem na minha casa para rever Leia mais… »

Depois de uma semana atribulada, já era tarde de sexta-feira e contava as horas para o dia terminar.

PACIENTE 25520.3 Pretendia guardar o final de semana só para mim. No sábado pela manhã, programei ir ao salão fazer as unhas, cabelos, hidratação, massagem e tudo mais a que tinha direito. Como meu marido iria ficar na capital, teria a casa e o tempo só para mim e estava completamente sossegada. Sábado pela manhã, Leia mais… »

Como gostamos de passear bastante meu marido e eu resolvemos fazer uma viagem curta até uma cidade do interior.

PACIENTE 25520.2 Como havíamos pegado uma folga em nossos trabalhos, iríamos na sexta e voltaríamos no domingo à noite. Fazia muito calor no dia em que saímos, então coloquei um shortinho branco bem curto, calcinha fio, rosinha, blusinha decotada preta e fui bem vadia dentro do carro, às vezes algum caminhão passava ao lado e Leia mais… »